Alimentação fora do lar Alimentação Alimentação saudável. Cuidados e prevenção

Ter uma boa alimentação é sinônimo de vida saudável. Por meio da Política Nacional de Alimentação e Nutrição, o governo incentiva a população a ter bons hábitos e conscientiza sobre os riscos de doenças causadas pela ingestão prolongada de alguns tipos de produtos.

Muitos componentes da alimentação dos brasileiros são associados ao desenvolvimento de doenças, como o câncer, problemas cardíacos, obesidade e outras enfermidades crônicas, como o diabetes. Por isso, alimentos ricos em gorduras, como carnes vermelhas, frituras, molhos com maionese, leite integral e derivados, bacon, presuntos, salsichas, linguiças, mortadelas, entre outros, devem ser ingeridos com moderação.

O tipo de preparo do alimento também influencia no risco de doenças. Ao fritar, grelhar ou preparar carnes na brasa a temperaturas muito elevadas, por exemplo, podem ser criados compostos que aumentam o risco de câncer de estômago. Por isso, métodos de cozimento que usam baixas temperaturas são escolhas mais saudáveis, como vapor, fervura, ensopados, guisados, cozidos ou assados.

Alimentar-se de maneira correta significa prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida. A adoção de uma alimentação saudável previne o surgimento de doenças crônicas e melhora a qualidade de vida. Frutas, verduras, legumes e cereais integrais contêm vitaminas, fibras e outros compostos, que auxiliam as defesas naturais do corpo e devem ser ingeridos com frequência.

As fibras, apesar de não serem digeridas pelo organismo, ajudam a regularizar o funcionamento do intestino, reduzindo o tempo de contato de substâncias nocivas com a parede do intestino grosso.

Manter a segurança alimentar.

O idoso deve ser especialmente cauteloso e manter os alimentos em condições para comer com segurança.  Certificar-se de cozinhar muito bem ovos, carne de porco, peixe, marisco, carne de frango e salsichas.  Conversar com seu médico ou especialista em dietética, um especialista em nutrição, sobre os alimentos que deve evitar. 

Antes de cozinhar, ter cuidado com alimentos crus.  Mantê-los afastados de alimentos já cozidos , como saladas, fruta ou pão.  Cuidado com os utensílios, por exemplo, a faca de corte.  Não cortar a carne crua com a mesma faca usada para fazer salada.  Lavar frutas e verduras antes de comer.  Usar água quente com sabão para lavar as mãos, utensílios e superfícies de trabalho enquanto cozinha.

Conforme envelhece, não pode confiar nos alimentos pelo cheiro ou sabor para determinar se eles estão ruins.  É fundamental datá-los antes de colocar na geladeira.  Marcar a opção “data de validade” de sua alimentação.  Em caso de dúvida, jogar a comida fora. A melhor forma de prevenir e adquirindo conhecimento para manipular corretamente os alimentos antes de consumi-los por exemplo. CURSO Higiêne de alimentos

Deixe uma resposta