Indústria da Alimentação Indústria Bauducco é condenada por venda casada de relógio do Shrek

A Pandurata Alimentos, fabricante dos produtos Bauducco, informou ao Terra que irá recorrer junto ao Superior Tribunal Federal (STF) da decisão que a condenou por venda casada de relógio do Shrek após uma promoção chamada “É hora de Shrek”. O Ministério Público entrou com a ação contra a empresa em 2008, por acreditar que ela praticava venda casada. Segundo noticiou o jornal Valor Econômico nesta terça-feira, a empresa foi condenada a pagar uma multa de R$ 300 mil. Na ação, o ministério pedia que a empresa fosse condenada “não mais adotar prática comercial que condicione a aquisição de qualquer bem ou serviço à compra de algum de seus produtos e a não mais promover publicidade que, direta ou indiretamente, possa concorrer para a transmissão de valores inadequados a crianças”.

A campanha afirmava que o consumidor deveria juntar cinco embalagens de produtos da linha “Gulosos” e, nos pontos de “troca” indicados, entregá-los junto com R$ 5 para receber um dos cinco modelos de relógios com a figura do personagem do filme “Shrek”.

A Pandurata Alimentos ganhou a ação em primeira instância, mas o ministério entrou com recurso e venceu. Além de afirmar que vai recorrer ao STF, a empresa disse que “a campanha em questão respeitava o público infantil e não empregava posturas inconvenientes, não incorrendo em infração ao Código de Defesa do Consumidor”

Deixe uma resposta