Indústria da Alimentação Indústria Brasileiros criam a 3ª maior empresa de alimentos dos EUA

H.J. Heinz é controlada pelo brasileira 3G Capital e pela Berkshire Hathaway, do investidor Warren Buffett. A Kraft Foods fechou um acordo para se fundir com a H.J. Heinz, controlada pela empresa de private equity brasileira 3G Capital e pela Berkshire Hathaway, do investidor Warren Buffett, formando a quinta maior companhia de alimentos e bebidas do mundo.

Receita de US$ 28 bilhões

As ações da Kraft subiam cerca de 17% nas negociações antes da abertura do pregão regular após o anúncio do acordo, que trará a Heinz de volta ao mercado acionário após sua aquisição há dois anos. A companhia combinada terá receita de cerca de US$ 28 bilhões, afirmaram as companhias em comunicado nesta quarta-feira.

Os acionistas da Kraft deterão 49% da nova empresa e os da Heinz terão os 51% restantes.

Os acionistas da Kraft receberão ações da companhia combinada, chamada Kraft Heinz Co, e um dividendo especial de US$ 16,50 por ação.

Jorge Paulo Lehmann, o brasileiro mais rico do mundo segundo a revista Forbes, é um dos sócios da 3G Capital

O dividendo, que totaliza cerca de US$ 10 bilhões, será financiado pela Berkshire e pela 3G Capital.

A empresa combinada terá oito marcas valendo mais de US$ 1 bilhão cada e cinco valendo entre US$ 500 milhões e US$ 1 bilhão.

No fechamento do pregão de terça-feira, a Kraft tinha valor de mercado de cerca de US$ 36 bilhões, com base nas ações em circulação de acordo com dados de 2 de março.

Você também pode se interessar por:

Deixe uma resposta