Alimentação fora do lar Alimentação Comida de rua: confira endereços tradicionais de SP

São Paulo oferece inúmeros restaurantes, de todos os tipos, especialidades e preços, mas, nas ruas, também é possível encontrar diversas opções de tradições gastronômicas. Pastel de feira e hot dog de barraca são os mais comuns, no entanto, receitas japonesas, baianas e até mais exóticas, como típicas da região norte do Brasil ou boliviana, também fazem parte da culinária de rua da capital. Ficou com vontade de experimentar? Conheça um roteiro com alguns dos destinos mais tradicionais da cidade.

1 – Feira Kantuta

COMIDA DE RUA 1IA feira ocupa a praça que deu nome a ela, no bairro do Pari, e reúne imigrantes bolivianos que vendem produtos típicos do país, incluindo pratos como saltenhas, que custam cerca de R$ 4, e api, uma bebida quente à base de milho roxo (R$ 3), que é sempre servida com buñuelo (massa frita). O tradicional anticucho (coração de boi no espeto) não está mais sendo vendido, pois a imigrante que servia o prato na feira se aposentou. Já o fricassé à base de carne de porco e milho é um dos sucessos do evento e sai por R$ 10 a porção. Muitas opções de artesanato, como peças de argila e malhas de lã de lhama, completam a atração que reúne cerca de duas mil pessoas. Kantuta é nome de uma flor que cresce na Bolívia e que tem as mesmas cores da bandeira do país, verde, amarelo e vermelho.

Endereço: rua Pedro Vicente, bairro do Pari. Fica a cerca de 700m da estação Armênia do metrô.

Dias e horários: todos os domingos, das 11h às

 

2 – Feira da Liberdade

COMIDA DE RUA VIIIAlém dos inúmeros restaurantes e lojas que ocupam o bairro, que é símbolo da comunidade japonesa em São Paulo, aos fins de semana dezenas de barracas ocupam a praça da Liberdade, com ofertas de roupas, acessórios, artesanato e, claro, gastronomia. Pratos típicos da culinária japonesa são destaques, como tempurá, yakissoba, bifum, bolinhos de peixe e doce de feijão.

Na barraca Casa de Camarão, as estrelas são o espeto de camarão rosa (R$ 8), camarão sem casca (R$ 8) e a versão bolinho (R$ 5). Mas há espaço também para o churrasco, bem ao gosto do brasileiro, como na barraca Espetos & Codorna. Mas até lá o peixe é destaque e o espeto de salmão sai a R$ 7. Outro ponto alto da feira é o tempurá de sorvete, massa frita com recheio da sobremesa, que sai por R$ 9 (em média).

Endereço: Praça da Liberdade, s/n – Dias e horários: sábados e domingos, das 9h às 18h

 

3 – Dog do Betão

COMIDA DE RUA 1IILanche clássico das ruas paulistanas, o hot dog é encontrado em versão turbinada no trailer Dog do Betão. No local, o tradicional cachorro-quente é servido no prato com duas salsichas, ao preço de R$ 10. O lanche completo com uma salsicha sai por R$ 9.

Endereço: avenida Sumaré, 741

Dias e horários: quinta a segunda, das 20h às 6h. Terças e quartas, das 22h às 6h

 

 

 

4 – Pastel da Maria

COMIDA DE RUA 1V

A japonesa Kuniko Kohakura Yonaha, conhecida por Maria, tinha 14 anos quando os pais montaram uma barraca de pastel na feira. Anos depois, ela montou sua própria barraca e, hoje seus quitutes são encontrados em feiras e lojas. Entre os mais vendidos estão os sabores de carne, queijo, pizza, palmito, carne seca, chocolate, banana e doce de leite (R$ 4 cada) e À Moda Maria (R$ 7) e Especial (R$ 8 cada).

Endereço: Feiras livres da Praça Charles Miller, no Pacaembu, às terças-feiras, quintas-feiras e sextas-feiras; Rua Cayowaá, em Sumaré, às quartas-feiras; Rua Capitão Novaes, em Santana, às quartas-feiras; Alameda Sub-ten Francisco Hierro, no Parque Novo Mundo, aos sábados; Rua dos Trilhos, na Mooca, aos domingos Dias e horários: 7h às 14h30 (feiras livres)

 

5 – Quickies

COMIDA DE RUA V

Vende salgados, hambúrgueres e refrigerantes em vending machines. Basta inserir na máquina o valor do alimento escolhido para que uma pequena porta se abra e o cliente o retire. Entre as iguarias estão bami (empanado de talharini de frango e legumes, por R$ 2), krokets (salgado tradicionalmente consumido na Holanda, por R$ 1,50) e kaassoufle (pastel de queijo cremoso empanado, por R$ 2).

Endereço: Ladeira Porto Geral, perto da Rua 25 de Março (funciona de segunda a sexta, das 8h às 19h; sábado, das 8h às 17h); e Rua 25 de Março (funciona de segunda a sexta, das 8h às 19h; sábado, das 8h às 15h)

 

6 – Rolando Massinha

COMIDA DE RUA 1Oferece massas em uma Kombi há seis anos. Entre as opções estão nhoque de batata e de mandioquinha (R$ 15,50), nhoque de quatro queijos (R$ 17,50)(foto) e fetuccini de espinafre (R$ 12,50).

Endereço: Avenida Sumaré, 1089 (esquina com a Rua Caiubi)

Dias e horários: segunda a sábado, das 19h às 2h; domingo, das 19h às 11h30

 

 

 

7 – Yakissoba da Vila

COMIDA DE RUA VII

Oferece opções variadas de yakissoba, como vegetariano tradicional (de R$ 11 a R$ 15, dependendo do tamanho), vegetariano especial (com tofu, de R$ 17 a R$ 21), misto camarão tradicional (de R$ 22 a R$ 27) e tudo camarão com cogumelo (R$ 29 a R$ 34).

Endereço: rua Fradique Coutinho, 695, Vila Madalena (delivery, balcão e poucas mesas)

Dias e horários: segunda a quinta, das 11h30 às 15h30 e das 17h30 às 22h; sexta, das 11h30 às 15h30e das 17h30 às 23h; sábado, das 12h às 15h30 e das 17h30 às 23h

Endereço: rua Dr. Augusto de Miranda, 97, Pompéia (delivery e balcão)

Dias e horários: segunda a sexta, das 11h30 às 23h; sábado, das 12h às 23h; domingo, das 13h às 22h)

 

8 – Feira da Praça Benedito Calixto

COMIDA DE RUA 1X

Tradicional endereço de garimpagem de objetos de decoração descolados, antiguidades e artesanato em geral, a feira mantém uma área reservada às barracas de comida, como se fosse uma praça de alimentação. Além de opções mais populares, como pastéis, é possível encontrar caldinho de feijão (R$ 8), pratos árabes, como esfiha (R$ 5, de carne ou escarola), charuto de uva (R$ 9) e pratos típicos da região norte do Brasil. No Embaixada Paraense II, é possível desfrutar de arroz paraense, vatapá, maniçoba e tacacá (foto), caldo à base de temperos, tapioca, camarões e jambu, uma verdura conhecida como agrião-da-Amazônia e que adormece os lábios de quem come.

Endereço: Praça Benedito Calixto, 11, Pinheiros – Dias e horários: sábados, das 9h às 19h

 

9 – Feira da Praça da República

COMIDA DE RUA X

Uma das mais tradicionais feiras de artesanato da cidade também oferece opções de gastronomia, como o yakissoba, cuja porção pequena sai por R$ 8 e a grande por R$ 10, e o acarajé, R$ 9 a R$ 10, se servido no prato, na barraca Axé Bahia. A fatia do cuscuz (foto), que é bem servida, sai por R$ 5.

Endereço: Praça da República – Metrô República

Dias e horários: sábados e domingos, das 9h às 17h

 

 

 

10 – Feirarte do Ipiranga

Em frente ao Museu do Ipiranga e do Parque da Independência, mais de 100 expositores oferecem artesanato em tecido, metal e cerâmica, além de várias opções gastronômicas. Há desde comida japonesa, fogazzas e tapioca até opções como batata frita (R$ 6 a porção), doces variados em fatias bem servidas na barrada Tentação Doces (R$ 5 cada) (foto) e até panquecas, que podem vir acompanhadas de salada e batata palha (R$ 9) ou de salada de arroz (R$ 10).

Endereço: rua dos Patriotas e a avenida Nazaré – Dias e horários: domingos, das 10h às 17h30

CULINÁRIA COM PEIXE

Deixe uma resposta