Alimentação fora do lar Conheça as comidas japonesas muito além do sushi e sashimi

O jornal inglês Huffington Post publicou um artigo muito interessante, relembrando que a comida japonesa vai muito além do sushi.

Muitas vezes, o conforto de sentar-se à mesa de um restaurante típico e pedir ‘o de sempre’, acaba nos limitando e deixamos de provar iguarias super interessantes. A culinária japonesa vai muito além, e vale a pena provar de tudo.

O artigo listou razões para sair do convencional e conhecer pratos menos populares, mas igualmente saborosos. A mesa terra do sol nascente é farta e lotada de preparações coloridas e saborosas. Vamos lembrar algumas delas:

Takoyaki

10 COMIDAS JAPONESA TAKOYAKI  II

Um bolinho de polvo muito popular no Japão, originário das ruas de Osaka. Conta-se que o prato surgiu em 1935 nas barracas decomidas de rua (Yatai), e foi criado por um vendedor ambulante chamado Tomekichi Endo.

A massa é uma mistura de farinha de trigo, água, ovos e dashi (caldo de peixe), com consistência bem mole, como a massa de panqueca. Normalmente, são recheados com polvo cozido, gengibre vermelho em conserva (benishouga), repolho, cebolinhas picadas, amêndoas fatiadas e raspas de tempura (tenkasu).

São servidos com um molho especial, chamado takoyaki sauce, além de maionese, alga verde e katsuo ralado (peixe ralado).

Tsukemono

10 COMIDAS JAPONESA TEZUKEMONO

São verduras, legumes e frutas em conserva, conhecidos por picles. Os japoneses amam essas preparações que, além de decorar os pratos, têm um sabor bem cítrico e a função de limpar o paladar entre um prato e outro. Os mais famosos por aqui são nabo (kabu), pepino (kyūri), rabanete japonês (daikon), cenoura (ninjin), repolho (Kyabetsu), berinjela (nasu), gengibre (shōga), acelga (hakusai), raiz de lótus (renkon), cebolinha (rakkyo) e ameixa (ume).

Essas preparações começaram a ser feitas no século XIV e foram evoluindo com o tempo. Hoje, alguns tipos podem levar meses – ou anos – para serem preparados. O Tsukemono é consumido como acompanhamento do arroz, sushi, sashimi, bebidas alcoólicas e até chás.

Mochi

10 COMIDAS JAPONESA MONCHIAqui no Brasil conhecemos como moti. Um bolinho de arroz doce de consistência pastosa. A primeira mordida pode lhe render uma certa estranheza, mas basta provar uma vez pra você quer comê-lo diariamente para o resto de sua vida. Os sabores, cores, formas e opções de recheio são infinitos e vão desde frutas vermelhas à doce de feijão azuki.

É uma tradição no Ano Novo( Shogatsu) e também ocasiões especiais como nos nascimentos, aniversários e casamentos.

Kaiseki

10 COMIDAS JAPONESA KAISEKI

Mais do que uma refeição tradicional da culinária japonesa, o kaiseki é um ritual gastronômico, um banquete inesquecível. Originalmente servido aos monges zen-budistas acompanhado por chá, deu origem a famosa cerimônia do chá (cha-kaiseki).

Não é atoa que trata-se de uma das refeições japonesas mais caras, geralmente servida num salão privado, de preferencia com vista para um jardim japonês. O Kaiseki é algo tão especial que mereceria um post especial sobre ele.

Udon

10 COMIDAS JAPONESA UDON

Aquele macarrão grosso feito de farinha de trigo, geralmente servido como sopa. Uma variação bem conhecida é o udon frio, lindo, refrescante e saboroso.

Nabemono

10 COMIDAS JAPONESA NABEMONO

Nabe significa panela, e mono, coisas. O nome Nabemono é usado para receitas da culinária japonesa que são feitas na panela. No caso uma panela especial, manuseada à mesa.

O grande barato desse prato é a experiência de fazê-lo, pois reúne as pessoas ao redor da mesa. Ele nasceu entre os agricultores e pescadores que se reuniam, cada um levando um pouco de suas colheitas e de suas pescas.

Pode ser preparados com carne bovina, peixes e frutos do mar, tofu, ovos, macarrão, algas e legumes variados.

Trata-se de um prato de rápido preparo, mas como a proposta é reunir pessoas num clima divertido, a ordem é fazer tudo sem pressa, apreciando texturas e sabores dos diferentes ingredientes (vegetais e proteínas).

Onigiri

10 COMIDAS JAPONESA ONIGIRIIOnigiri são bolinhos de arroz japonês envoltos em nori (alga seca) e geralmente recheados com frutos do mar ou vegetais, ou misturados com temperos típicos. Eles são considerados um lanche simples e rápido no Japão e, é comum os mais criativos moldarem seu bolinhos em forma de pequenos personagens ou animais.

Okonomiyaki

10 COMIDAS JAPONESA OKONOMIYAKI

Pode-se dizer que Okonomiyaki é a versão japonesa da panqueca, servida com ingredientes variados. Okonomi quer dizer algo como “cozinhe aquilo que você gosta, da maneira que você deseja”. Sua massa é feita com farinha e a caldo de vegetais ou peixe dashi, além de ovos, repolho finamente picado, cebolinha, cebola, carne (de porco ou bacon), polvo, lula, camarão, vegetais, kimchi, mochi ou tofu com finas tiras de maionese.

É comum em muitos restaurantes, ser a massa e uma tigela de ingredientes que cada comensal cozinha da maneira que preferir. Outros lugares mais conservadores já servem o prato pronto e montado.

Tonkatsu

10 COMIDAS JAPONESA TONKATSU

Tonkatsu quer dizer “costeleta de porco”. Criado no fim do século XIX, esse prato é um dos pratos mais populares do Japão. São costeletas de porco empanadas com migalhas de pão panko, que lhe dão uma camada exterior super crocante. Ele é geralmente servido com arroz, couve e molho tonkatsu (um molho espesso tipo o worcestershire). Também é comum fazer o tonkatsu com filé mignon ou lombo suíno fatiados em pequenos pedaços.

É uma tradição entre os estudantes, degustar este prato às vésperas de exames, pois acreditam que ele traz sorte. Impossível não gostar!

Kakigori

10 COMIDAS JAPONESA KAKIGORI

Esta sobremesa refrescante e deliciosa pode ser comparada à uma raspadinha. Ferita com gelo finamente raspado e coberto com xaropes saborosos. Quem quiser uma experiência mais diferenciada poderá empilhar doce de feijão azuki, sorvete, creme, frutas frescas e bolinhas de mochi por cima.

Uma coisa é certa: quanto maior o kakigori, melhor.

faixa_face-1

 

Deixe uma resposta