Alimentação fora do lar Alimentação Consumo de chocolate estimula a sensação de euforia no cérebro

Estudo realizado pela nutricionista da ABICAB confirma que o efeito é causado pela presença de serotonina no alimento. Após várias tentativas mal sucedidas de se melhorar o humor com suplementos de magnésio, pesquisadores descobriram que o chocolate é um alimento eficiente para combater esse problema.

25 gramas de 70% cacau para as pessoas com exercícios físicos.

O efeito deve-se à presença de substâncias responsáveis pela formação de serotonina no alimento, atuando no cérebro para regular o humor. Os dados fazem parte do estudo elaborado pela nutricionista e consultora técnica da ABICAB (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados), Vanderlí Marchiori.

O estudo comprova ainda que outros compostos do alimento são capazes de aumentar a disposição e o tempo de duração de todas as boas sensações. Por isso, o consumo diário de 25 gramas de chocolate 70% cacau é totalmente favorável para as pessoas que praticam exercícios físicos.

“São diversos os benefícios do cacau, além de todas as sensações agradáveis que ele pode proporcionar, o alimento ainda possui a teobromina, que estimula nossa atividade cerebral e nos mantém mais despertos”, afirma Dra. Vanderlí.

Marchiori explica, ainda, por que o chocolate faz bem durante a TPM: “a compulsão por chocolate apresenta níveis de 40% em mulheres e apenas 15% em homens, sendo que as mulheres são mais susceptíveis durante o desequilíbrio hormonal causador da tensão pré-menstrual”.

A ABICAB – Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados foi fundada em 1957 com o objetivo de responder pela política do setor junto às esferas públicas e privada, tanto no Brasil quanto no exterior. Suas diretrizes são voltadas para a valorização destas indústrias, que são responsáveis pela geração de 34 mil empregos diretos e 68 mil indiretos. Atualmente, a ABICAB engloba toda a cadeia produtiva nacional dos setores que representa, abrangendo 92% do mercado de chocolates, 93% do mercado de balas e confeitos, 62% do mercado de amendoim e 100% do mercado de cacau.

faixa_face-1

Deixe uma resposta