Alimentação fora do lar Alimentação Desemprego sobe para 6% em junho

O desemprego deu sinais mais claros em junho de que há em curso uma tendência de alta. A taxa avançou para 6%, após ter ficado em 5,8% em maio. Em junho de 2012, o percentual havia sido de 5,9%. Os dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

É o patamar mais alto desde abril de 2012. A taxa vem subindo desde o início do ano, quando estava em 5,4%. Os motivos do aumento do desemprego são a freada do consumo e do PIB neste ano, que já se traduzem num desempenho pior do comércio (um dos setores que mais emprega) e em outros ramos de atividade.

Segundo o IBGE, a população desocupada (1,5 milhão de pessoas nas seis regiões metropolitanas pesquisadas) também apresentou estabilidade tanto em relação a maio de 2013 quanto a junho de 2012.

Já a população ocupada (23 milhões) também não variou significativamente frente aos meses de maio de 2013 e junho de 2012. O número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado (11,5 milhões) ficou estável em relação a maio de 2013 e cresceu 3,2% na comparação com junho do ano passado – ou 359 mil postos de trabalho a mais com carteira assinada.

 

Deixe uma resposta