Indústria da Alimentação Indústria Em outubro a indústria de biscoitos e massas decide se vai importar...

A quebra nas safras da Argentina, do Paraná e a alta do dólar encareceram o insumo no Brasil. Por esses motivos, representantes da indústria de biscoitos e de massas se reuniram em São Paulo com empresários da Turquia para negociar a importação de farinha de trigo daquele país. A farinha de trigo representa 40% do custo do biscoito e 60% do macarrão.

Nenhum negócio foi fechado ainda e outra reunião ocorrerá em outubro em Istambul, na Turquia.

Tudo depende do custo benefício

A tonelada de farinha de trigo importada dos fornecedores turcos sairia em média US$ 450, mais o imposto de importação, de 12%. “Essa faixa de preço é interessante. A farinha que vai do Paraná a São Paulo chega a R$ 1,2 mil por tonelada, em média”, diz Cláudio Zanão, presidente da Abima, associação dos fabricantes de massas.

Lideranças da Anib (Associação Nacional das Indústrias de Biscoitos) também participaram da reunião. Segundo Alexandre Colombo, presidente da Anib e diretor da fabricante Piraquê, as vendas de biscoitos devem encerrar 2013 empatadas em volume com 2012. Em receita, deve haver alta de 8%, devido ao repasse da inflação aos preços.”Estamos analisando se sai mais barato trazer a farinha da Turquia, pagar todo o frete e os impostos do que comprar aqui no Brasil”, diz Colombo.

faixa_face-1

Você também pode se interessar por:

Deixe uma resposta