Indústria da Alimentação Indústria Empresa francesa de laticínios Senoble planeja construir fábrica no Brasil

O grupo paranaense Guerra, do setor de agronegócios e a multinacional francesa  Senoble, fecharam uma joint venture e estudam a instalação de uma planta no País. As companhias planejam construir uma fábrica de sobremesas congeladas na região de Ponta Grossa (PR), a cerca de 110 km de Curitiba.

O investimento

O valor do investimento não foi revelado, mas o diretor do grupo brasileiro, Ricardo Guerra, afirma que seria semelhante ao investido em uma fábrica que está em construção no interior da Espanha. Nesse empreendimento, estão sendo aplicados cerca de € 63 milhões (R$ 200 milhões, aproximadamente).

A situação econômica e política do País, porém, pode dificultar a implementação do projeto. “As manifestações que ocorreram em junho deixaram os franceses um pouco inseguros. O câmbio também não ajuda, porque muitas matérias-primas são importadas”, diz Guerra. “Devemos tomar uma decisão até o final deste ano”, conclui.Hoje, as empresas estão desenvolvendo pesquisas de mercado no País.

Os preços e a aceitação da marca entre consumidores de Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Campinas e Belo Horizonte estão em análise.

Presidente da Senoble visita o Brasil

O presidente da Senoble, Marc Senoble, esteve no Brasil em fevereiro para iniciar as negociações com o governo do Paraná. A Prefeitura de Ponta Grossa, que também o recebeu, afirma que ele deve retornar nos próximos dias.

A empresa tem 12 fábricas na Europa e 3.200 funcionários. O grupo Guerra tem faturamento de R$ 300 milhões.

 

Deixe uma resposta