Indústria da Alimentação Indústria Industria faz sucesso com farinha que reduz a gordura dos empanados

Com a busca cada vez maior por uma alimentação saudável, frituras, salgadinhos e empanados estão praticamente condenados. Mas,A Zinni Brasil, uma indústria de alimentos de São Paulo, desenvolveu uma farinha especial para fritar os empanados e deixá-los bem sequinhos.

Absorve 70% menos óleo

Banana à milanesa, ninguém discute: os empanados fritos são deliciosos. É uma tentação, uma coxinha, um risole, a gente não resiste a um bolinho de queijo. O problema é que as frituras são hipercalóricas e não estão na lista dos alimentos saudáveis. A farinha de rosca, usada pra empanar os alimentos, é fermentada e cheia de microcavidades, que absorvem muito óleo da fritura.

A Zinni Brasil desenvolveu uma farinha que deixa as frituras sequinhas, sem gordura. É uma farinha que funciona como uma capa protetora, que absorve pouco óleo.

ZINI II

Veja um teste. Numa frigideira, salgados são empanados com farinha de rosca comum. E em outra frigideira, com a farinha especial da Zinni. Os primeiros encharcam o papel. Os outros ficaram praticamente secos. E com um detalhe: o mesmo sabor.

O chefe de cozinha experimental do Portal Alimentação fora do Lar examinou as duas farinhas, fritou os salgados, experimentou e concluiu. “Na textura você sente que ela é bem diferente, melhor até para você empanar, e ela resiste mais à cocção. Você percebe que a farinha de rosca comum escurece rapidamente, ela solta mais, não gruda tanto na carne, aí prejudica mais, porque o óleo queima e tem que trocar mais vezes, a farinha da Zinni demora mais para escurecer e pega muito menos gordura”diz o Chef Anderson Biaggi.

A farinha que absorve menos gordura foi desenvolvida na fábrica da Zinni. Durante o primeiro tratamento para esterilizar a farinha de empanamento acontece o fenômeno físico de compactação da farinha que a torna impermeável.

O segredo para tornar a farinha impermeável está num equipamento: um turbo cozinhador. A farinha é injetada junto com a água. A farinha é cozida junto com a água e é empurrada nessa parede onde ela passa por aquecimento e sofre uma pressão tão grande que faz com que a estrutura da farinha se feche, se compacte. Isso confere impermeabilidade à farinha de empanamento.

Depois desse processo, ela passa a absorver 70% menos óleo que a farinha de rosca comum. O produto custa o dobro da farinha de rosca comum. Mas o empanado sai mais barato, por causa da economia de óleo na fritura.

Atualmente a Zinni vende 30 toneladas de farinha por mês, para todo o Brasil. O produto é feito em quatro tamanhos de grãos. 99% dos clientes são empresas.

Macarrão Palline

ZINI I

Outro produto de sucesso da Zinni Brasil é o macarrão Palline. O grande diferencial está no custo e no combate à obesidade.

  • Menos calórico que as massas secas
  • Mais prático que macarrão instantâneo
  • Sem refrigeração, superando as massas frescas
  • Pronto em 2 minutos, mais rápido que as massas prontas

Palline tem também um exclusivo formato esférico irregular que o torna mais prático na hora da refeição, até pelas crianças nas escolas. Importante também é que, além de eliminar a fervura, com seus gastos e seus riscos, permite utilizar somente 50% do molho necessário para o macarrão seco ou fresco tradicional, com notável economia nos custos e no tempo de preparo.

faixa_face-1

Deixe uma resposta