Alimentação fora do lar Alimentação Mercado de massas cresce 18,14% em faturamento no primeiro semestre de 2014

O setor de massas, que comemorou no último dia 25 o Dia Mundial do Macarrão, cresceu significativamente no primeiro semestre de 2014. De acordo com os dados divulgados pela ABIMA – Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias, Pão & Bolo Industrializados – em parceria com a consultoria Nielsen, o volume de massas vendidas no primeiro semestre cresceu 6,25% em comparação ao mesmo período de 2013, atingindo 643 mil toneladas, e a indústria movimentou R$ 4,023 bilhões, um crescimento de 18,14% no faturamento.

Brasil 3º lugar no consumo de macarrão

A alta foi impulsionada principalmente pelas categorias de massas instantâneas (19%) e secas (18%) com faturamentos de R$ 1,24 bilhão e R$ 2,44 bilhões, respectivamente. “O brasileiro procura alimentos mais baratos, práticos e nutritivos. O macarrão é o produto que atende a todos esses requisitos”, explica Claudio Zanão, presidente da ABIMA.

Os lamens também apresentaram o maior volume de vendas já alcançado durante um primeiro semestre (104 mil tons), com um crescimento de 10,41% neste período, comprovando a busca por mais praticidade nas refeições em casa pelo consumidor.

O Brasil é o terceiro consumidor mundial de macarrão, com 1,2 milhão de toneladas, atrás apenas dos Estados Unidos e da Itália (primeira colocada).

faixa_face-1

Deixe uma resposta