Diversos No Brasil, apenas 60% dos emails marketing chegam à caixa dos destinatários

Estudo da Return Path é um alerta para a necessidade de boas práticas nas campanhas comerciais; a média global de entregabilidade é de 83%. A cada 10 emails marketing enviados no Brasil, apenas seis chegam à caixa de entrada dos usuários. As demais mensagens são consideradas spam ou se perdem, após serem bloqueadas pelos provedores, que cada vez mais investem no refinamento de seus filtros.

Alerta ao profissional de marketing

Os dados deixam o País na última colocação do ranking de entregabilidade, elaborado no estudo “Relatório de Benchmark de Entregabilidade 2014” da Return Path (http://br.returnpath.com), líder mundial em Email Intelligence. No topo da lista, composta por nove países, Austrália e Alemanha aparecem empatadas com 89% das mensagens entregues, seguidos por Reino Unido e Estados Unidos (87%), França (84%), Canadá (83%), Itália (81%) e Espanha (76%). A média global de entregabilidade é de 83%. O estudo completo está disponível para download gratuito (http://landingbr.returnpath.com/Relatorio-de-benchmark-de-entregabilidade)

Entregabilidade por País

colocação        Taxa    País

1º                       89%     Austrália

•                         89%     Alemanha

2º                      87%     Reino Unido

•                        87%     Estados Unidos

3º                     84%     França

4º                     83%     Canadá

5º                     81%     Itália

6º                     76%     Espanha

7º                     60%     Brasil

Para Louis Bucciarelli, country manager da Return Path no Brasil, os números são um alerta ao profissional de marketing. “Apesar de observarmos uma evolução positiva em ações de email marketing que já se beneficiam das melhores práticas e métricas de performance, o mercado de ecommerce brasileiro tem crescido rapidamente e há novos players a cada dia, que muitas vezes desconhecem as soluções disponíveis para a eficiência das campanhas”, explica. “O estudo é uma forma de mostrar o cenário e revelar o quanto as empresas podem evoluir em termos de desempenho ao acompanhar os números e desenvolver uma estratégia apropriada para este canal”, completa.

Ao customizar a pesquisa por setores da indústria e do comércio, a Return Path constatou que as empresas ligadas a saúde e beleza são as que têm mais êxito em atingir o público alvo, com entrega de 96% das mensagens, enquanto as de software e Internet são as mais prejudicadas, com apenas 43% de taxa de entregabilidade.

O estudo também mostra, como exemplo, o sucesso da ação do Gmail em permitir que os usuários recebam mensagens de marketing em uma pasta e as pessoais em outra. “Fazer essa separação não desmotivou o engajamento. Ao contrário, mostrou que o consumidor gosta de emails, mas ignora as mensagens comerciais quando estas estão misturadas com seus emails pessoais. Portanto, a inovação promovida pelo Gmail foi benéfica tanto para os remetentes, quanto para os usuários”, disse Bucciarelli.

Mobile em alta

Outro dado relevante diz respeito à expectativa no aumento do volume de emails marketing recebidos em época de compras do final de ano. O estudo mostra que o desempenho no período manteve a constância dos demais meses de 2013, pelo menos em campanhas legítimas. Em novembro, pela primeira vez, mais de 50% dos emails foram abertos em dispositivos móveis, sendo a maioria deles em iPhone e iPads, que não oferecem o recurso do webmail de alguns provedores, para que os clientes marquem uma mensagem como spam, poupando os remetentes de quaisquer danos à sua reputação.

Metodologia

O estudo da Return Path foi feito com base em mais de 490 milhões de emails comerciais enviados, com permissão, a consumidores de todo o mundo, entre maio de 2013 e abril de 2014. As estatísticas também consideraram o desempenho em mais de 150 provedores, na Europa, Ásia, Pacífico e Américas do Norte e do Sul.

Entregabilidade por Setor

colocação        setor                            Taxa

1º         •           Saúde e beleza           96%

2º         •          Seguros                        92%

3º         •          Moda                           91%

•          Alimentos e bebidas             91%

•          Acessórios automotivos      91%

4º         •          Varejo                         90%

•          Organ. sem fins lucrativos 90%

5º         Serviços corporativos         87%

•          Hospitalidade                        87%

•          Financeiro                              87%

6º         •          Educação                   86%

7º         •          Viagens e lazer        84%

•          Comunicações                       84%

8º      Telecomunicações                82%

9º         Editoras, broadcast, internet     81%

10º       •          Biotecnologia           79%

11º       Serviços de consumo          77%

12º       Mídia e Entretenimento    74%

13º       •          Tecnologia                70%

14º       •          Software e Internet 43%

A Return Path (http://br.returnpath.com) é líder mundial em Email Intelligence. Um de seus diferenciais se concentra na análise de informações a respeito de emails, com um volume muito maior do que qualquer outra empresa no mundo. Os dados recolhidos são utilizados para dar força aos produtos da Return Path, garantindo que somente os emails que os destinatários desejam receber cheguem à caixa de entrada. Através de relações de confiança por todo ecossistema de email, as soluções da empresa maximizam o desempenho e a responsabilidade de cada email, além de proteger os usuários contra spams e outros abusos. Como consequência, ela ajuda a construir melhores relacionamentos com seus clientes e a aumentar seu ROI e, ao mesmo tempo, dar suporte aos ISPs e outros provedores de serviços de email para aumentar o desempenho das redes e incrementar a retenção de clientes.

faixa_face-1

Deixe uma resposta