Alimentação fora do lar Alimentação Por dez dias, até próximo dia 3, pedido pela internet ficará isento...

Mais de 500 restaurantes do país vão participar, a partir desta quinta-feira (24), da 2ª Semana do Delivery. Durante dez dias, até 3 de novembro, quem fizer pedido pela internet ficará isento da taxa de entrega. Alguns estabelecimentos também vão dar desconto de até 20% nos pratos.

Serão feitos 100 mil pedidos

As redes Bob´s, Pizza Hut, Lig-Lig, Burger King, The Fifties, Bibi Sucos e Almanara estão entre as redes que vão oferecer a entrega gratuita para pedidos feitos pela internet. Os restaurantes poderão estabelecer limites mínimos para fazer a entrega gratuitamente. Para fazer o pedido, os consumidores precisam acessar o site da Semana do Delivery.

Expectativa é que sejam feitos 100 mil pedidos. A edição deste ano conta com participantes das seguintes capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Salvador (BA), Recife (PE) e Fortaleza (CE). As cidades da região do ABC, Baixada Santista e Campinas, em São Paulo, além de Niterói (RJ) e Olinda (PE), também vão participar. Durante a ação. Na primeira edição da campanha, no ano passado, 50 mil pedidos foram registrados em São Paulo, Rio de Janeiro e algumas cidades do Nordeste.

Cada entrega custa R$ 6,50

Atualmente, a taxa média de entrega cobrada pelos restaurantes brasileiros é de R$ 6,50, segundo o iFood, plataforma de delivery online que organiza a campanha. As capitais em que os custos são mais altos são Curitiba (R$ 9,30), São Paulo (R$ 8), Rio de Janeiro (R$ 6), Fortaleza (R$ 5,70) e Salvador (R$ 5,60).

´´Um dos motivos pelos quais as pessoas não fazem pedidos é a taxa de entrega. Queremos, com o evento, eliminar essa barreira de entrada e mostrar para as pessoas que existem vários benefícios de fazer o pedido online. O cliente economiza, por exemplo, com deslocamento, estacionamento e a taxa de 10% de serviço´´, diz Felipe Fioravante, presidente do iFood.

faixa_face-1

Deixe uma resposta