Alimentação fora do lar Alimentação Projeto Brasil Food Service marca presença na maior feira latino-americana para os...

Buscando novas oportunidades de negócio, 12 empresas brasileiras do setor de food service se apresentam na 13ª edição da MEXIPAN, principal feira da América Latina para os setores de panificação, confeitaria, chocolates e sorvetes. A iniciativa é organizada pelo Projeto Setorial Brasil Food Service, realizado em parceria entre a Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos, Ingredientes e Acessórios para Alimentos (ABIEPAN) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), com o objetivo de promover as exportações brasileiras do setor.

O Setor  faturou em 2013 mais de R$ 485 bilhões

Realizada a cada dois anos, a 13ª Mexipan acontecerá de 27 a 30 de agosto de 2014, na Cidade do México. Durante os quatro dias do evento, as empresas brasileiras terão a oportunidade de apresentar as mais novas tecnologias em máquinas e equipamentos, matérias-primas, ingredientes e serviços para os setores de panificação e confeitaria. Participam da ação as empresas Arcolor, Bralyx, Do Trigo, Duas Rodas, Indiana, Multifritas, Pman, Prática, PS Arquitetura, Tedesco e Titã, além da Village, empresa do Projeto Setorial Happy Goods, realizado em parceria entre a Apex-Brasil e a Associação Nacional das Indústrias de Biscoitos (ANIB).

Destaque, também, para ingredientes e insumos para a indústria de alimentos como aromas, produtos para sorvetes, condimentos e aditivos; misturas para o preparo de pães e bolos; máquinas e equipamentos para salgados, massas frescas e doces; produtos para confeitaria artística; soluções integradas para cozinhas profissionais – fornos, máquinas para panificação e refrigeração, linhas de chapas e fritadores – estufas e vitrines para balcões.

De acordo com Paulo Cavalcante, presidente da ABIEPAN, a participação visa aproximar os produtores brasileiros aos compradores e distribuidores de outros países, além de proporcionar atualização para o setor e gerar sólidas relações comerciais. “A América Latina é prioritária para as exportações nacionais do setor de food service e o mercado ainda oferece um grande potencial de negócios para as empresas brasileiras, que possuem soluções diferenciadas, produtos de alta qualidade e preços competitivos”, finaliza.

A indústria brasileira de alimentos faturou no último ano mais de R$ 485 bilhões, dos quais cerca de R$ 116,1 bilhões provenientes do food service. O setor tem demonstrado crescimento sustentável ao longo dos anos, impulsionado, entre outros fatores, pela diversificação e entrada em novos mercados. Somente as exportações do segmento de equipamentos e insumos para a produção de alimentos vendidos prontos alcançaram, em 2013, a marca de US$ 11,8 milhões.

A América Latina é o principal mercado das vendas externas brasileiras, com destaque para Colômbia, Peru e Chile, além do México, hoje o maior consumidor dos produtos nacionais.

Empresas Brasileiras na MEXIPAN 2014

Arcolor (www.arcolor.com.br): linhas completas de misturas para o preparo de produtos de panificação, confeitaria e confeitaria artística.

Bralyx (www.bralyx.com): máquinas para coxinhas, salgados, massas frescas, doces e confeitaria.

Do Trigo (www.dotrigo.com.br): massas folhadas, croissants, folhados recheados e salgados congelados.

Duas Rodas (www.duasrodas.com): ingredientes para a indústria de alimentos, como aromas, produtos para sorvetes, food service, condimentos e aditivos, derivados de frutas e soluções integradas.

Indiana (www.maquindiana.com.br): máquinas industriais automáticas para massas como espaguete, talharim, lasanha, capelete e ravióli; massa para pastel e salgados como coxinha, bolinha de queijo, quibe e etc.

Multifritas (www.gruponestis.com.br): equipamentos para cozinhas profissionais como cozedores de massa e fritadores, à gás e elétricos.

Pman (www.pman.com.br): soluções integradas que garantem a aparência, o sabor e a qualidade dos produtos, baseadas nas tecnologias Enzimix, Shelf Life e Desmoldmix, além do maquinário para suas respectivas aplicações.

Prática (www.praticafornso.com.br): fornos combinados, estufas e máquinas para panificação.

PS Arquitetura (www.psarquitetura.net): escritório especializado em projetos e reformas de padarias.

Tedesco (www.tedesco.ind.br): projeto, desenvolvimento, fabricação e comercialização de equipamentos para gastronomia e panificação como fornos, fritadores, chapas e misturadores.

Titã (www.tita.com.br): vitrines e expositores de alimentos – estufas para salgados e doces.

Village (www.villagecepam.com.br): produtos alimentícios – panetones, biscoitos, ovos de Páscoa, wafer e bombons, entre outros.

MEXIPAN 2014 – ABIEPAN/ Projeto Setorial Brasil Food ServicePabellón Mexica, stand #270 e 29027 a 30 de agosto de 2014Das 11h às 19hLocal: WTC Cidade do MéxicoMais informações: www.abiepan.org.br

Projeto Setorial Brasil Food Service: Desde 2003, a Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos, Ingredientes e Acessórios para Alimentos (ABIEPAN) possui um convênio com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) com o objetivo de promover as exportações brasileiras de equipamentos, ingredientes e acessórios para alimentos através de várias ações de promoção comercial. A parceria entre a ABIEPAN e a Apex-Brasil é formatada por meio de um Projeto Setorial (PS), que se denomina “Brasil Food Service”. O PS visa aumentar significativamente os volumes e receitas de exportação das empresas associadas à entidade e signatárias do projeto.

ABIEPAN: A Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos, Ingredientes e Acessórios para Alimentos (ABIEPAN), foi criada em 1988, por empresários do setor que viram a necessidade de se reunir para tratar dos problemas inerentes ao mercado e traçar estratégias para que as empresas pudessem obter melhores resultados, visando o desenvolvimento e à modernização da produção e das atividades de comércio exterior.

Reúne hoje 57 empresas fabricantes de equipamentos, acessórios e insumos para o setor de food service, das quais 40 participam do Projeto Setorial Brasil Food Service. No convênio, firmado com a Apex-Brasil, estão previstas ações como participação em feiras internacionais, análise de dados estatísticos do segmento, rodadas de negócio e projetos comprador e de imagem, pelos quais importadores e jornalistas são trazidos ao Brasil.

faixa_face-1

1 resposta para este post

Deixe uma resposta