Alimentação fora do lar Alimentação Testo do Brasil dá dicas para ter nota A no novo selo...

Algumas adaptações simples ajudarão a se enquadrar na nova norma. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) irá categorizar serviços de alimentação de acordo com a sua higiene. Em principio serão 2.500 estabelecimentos fiscalizados nas cidades sede da Copa do Mundo e alguns municípios que decidiram participar voluntariamente.

Estabelecimentos precisam se adequar

A intenção da agência é mostrar ao consumidor os níveis de limpeza do restaurante, bar ou lanchonete que irão consumir. A classificação irá variar em três categorias: A, B e C, sendo A, a melhor classificação. Dentre os critérios que serão avaliados pela ANVISA estão a limpeza do ambiente, a qualidade do óleo utilizado para fritura bem como a qualidade de resfriamento dos produtos armazenados. Para atingir a nota máxima os estabelecimentos precisam se adequar e prestar atenção a esses quesitos.

A Testo do Brasil, multinacional alemã especializada em equipamentos de medição trouxe algumas dicas que poderão ajudar no momento de adequar o estabelecimento às novas normas.

Refrigeração adequada

Os bares, restaurantes e lanchonetes que serão inspecionados precisarão ter sistemas de refrigeração que proporcionem boa qualidade no momento de estocar os alimentos. É preciso que estes estejam em um ambiente com pouca umidade e a temperatura deve ser homogênea por todo o compartimento onde os alimentos estarão. Para isso é preciso focar na logística de utilização dos alimentos para que estes locais permaneçam dentro dos parâmetros estipulados pela Anvisa.

Equipamentos úteis

Testo 108 – O instrumento Testo 108 realiza ponto de verificação de medições em segundos, seja no transporte ou armazenamento de alimentos. Ele auxilia a manter a qualidade dos alimentos durante todo o processo, desde seu armazenamento até o momento em que é transportado para o cozimento.

Testo 205 – O testo 205 mede a temperatura e o PH penetrando nos alimentos, mostrando se estes estão armazenados de uma maneira eficiente. Com ele os donos de estabelecimentos poderão garantir que tanto a refrigeração quando o aquecimento dos alimentos está acontecendo de maneira homogênea, certificando a qualidade dos mesmos.

Qualidade do Óleo

A utilização de óleo para fritura precisa de alguns cuidados. Sua qualidade é medida em qualidade de polares totais presentes no líquido. Quanto mais o óleo é utilizado, mais micro-partículas estarão presentes nele, o que influencia tanto na sua higiene quanto na sua eficácia em fritar os alimentos. Para se enquadrar na nova norma da Anvisa, é preciso que as taxas de TPM (Total Polas Material) esteja entre 14% e 22%.

Equipamento útil:

Testo 270: este instrumento de medição de óleo de fritura garante que os alimentos preparados nele estejam na mais alta qualidade. Medições regulares evitam que o óleo seja substituído demasiadamente cedo ou tarde, mantendo a máxima eficácia do óleo sem perder a qualidade necessária para a fiscalização da Anvisa. Sua utilização é simples, basta mergulhar o aparelho no óleo quente e averiguar os resultados das medições, que são absolutamente precisas.

A Testo do Brasil é uma das 30 afiliadas da Testo AG, fundada em 1957 e com mais de 2.300 funcionários. Presente no Brasil desde 1999, a empresa está sediada no interior de São Paulo, na cidade de Campinas, região estratégica e polo de diversas indústrias. A Testo desenvolve produtos de medição de alta tecnologia, entre eles termômetros, instrumentos de medição de umidade, termovisores, instrumentação de identificação de gases, entre outros.

faixa_face-1

Deixe uma resposta