Diversos Vendas da indústria de alimentos desaceleram

As empresas fabricantes de alimentos aumentaram suas vendas reais em 3,5% no primeiro semestre deste ano, em relação a igual período de 2012. Apesar da alta, o crescimento das indústrias desacelerou em relação ao observado no ano passado, quando, no primeiro semestre, as vendas cresceram 5,2% sobre 2011.

Os dados são da Abia (Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação). Os números de vendas incluem as exportações, que cresceram 6,9% nos primeiros seis meses do ano, chegando a US$ 20,1 bilhões. Já as importações de alimentos se mantiveram estáveis em US$ 2,7 bilhões.

“Há retração no mercado interno. As despesas foram reduzidas, mas como comida é essencial, nossos números estão mais altos do que os de outros setores da economia”, afirma Edmundo Klotz, presidente da Abia.

Os investimentos no setor aumentaram 6,1%, passando de R$ 8,2 bilhões nos primeiros seis meses de 2012 para R$ 8,7 bilhões em 2013. Já a taxa de crescimento de empregos cresceu 3% na mesma comparação, também desacelerando em relação ao avanço obtido neste período em 2012, de 3,5%.

Deixe uma resposta